Assine nossa Newsletter

Cadastre-se para receber as últimas notícias do Museu.


Assine nossa Newsletter

Cadastre-se para receber as últimas notícias do Museu.


Rumo ao Título da Unesco

Representantes das 19 fortificações do Brasil que pleiteiam o título de Patrimônio Mundial da Humanidade concedido pela Unesco se reuniram, entre os últimos 3 e 5 de dezembro, no Rio de Janeiro, para participar do II Seminário Internacional Fortificações Brasileiras. Promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o evento é mais uma iniciativa em prol da candidatura na Unesco e buscou aprofundar o debate sobre assunto, destacando os principais desafios e também bons exemplos de gestão e uso de fortalezas no Brasil e no mundo. Participaram do evento, por exemplo, gestores de fortificações de Cartagena (Colômbia), Elvas (Portugal), e Pamplona (Espanha).

Betânia Corrêa de Araújo durante apresentação no seminário

As experiências do Museu da Cidade do Recife foram apresentadas pela diretora do MCR, Betânia Corrêa de Araújo, em um dos painéis do seminário. “Esse já é o segundo seminário promovido pelo Iphan com os fortes candidatos; o primeiro ocorreu em junho. Fiquei bastante feliz com o engajamento de todos os gestores, foi um evento muito rico”, disse Betânia. As 19 fortificações estão localizadas em 10 estados Brasileiros. Pernambuco abriga três delas, o Forte das Cinco Pontas, do Brum e Orange.

By | 2019-12-12T20:49:59-03:00 12 de dezembro de 2019|Notícias|0 Comentários

Deixar Um Comentário