Navegue pela exposição Cinco Pontas e descubra monstros marinhos

“Em 200m, vire à direita”. Vivemos tempos de GPS na tela do celular, com comando de voz e mapas hiperrealistas. Ainda assim, há quem tenha medo de se perder e dar de cara com o desconhecido, apesar de tanta informação. Não é espantoso imaginar que, há 500 anos, período das grandes navegações, monstros marinhos eram alguns dos maiores medos de quem embarcava em naus oceano a dentro.

O céu era o grande guia dos navegantes e a imaginação uma das distrações enquanto cruzavam mares repletos de mistérios. O inexplorado despertava a imaginação humana fazendo com que ela criasse criaturas fantásticas e animais mostruosos que povoavam os oceanos. Acreditava-se na época que esses seres bestiais atacavam aqueles que se atreviam a se lançar nas vastidões oceânicas.

Alguns desses monstros podem ser vistos nas paredes, em mapas e nos belos azulejos holandeses expostos na “Cinco Pontas”, exposição em destaque no Museu da Cidade do Recife.

Imagem em destaque: Ichythyocentauro, ‘mistura’ de homem, cavalo e peixe, ilustrada em uma das cartas náuticas holandesas.

By | 2018-04-17T18:11:13+00:00 17 de Abril de 2018|Exposições Atuais, Notícias|0 Comentários

Deixar Um Comentário