Mostra fotográfica “Imóveis Especiais de Preservação 20 anos” fica em cartaz até o dia 29

Os bens culturais do Recife registrados pelas lentes da fotógrafa Aurelina Moura podem ser conferidos até o dia 29 de outubro na exposição “Imóveis Especiais de Preservação 20 anos” em cartaz no Museu da Cidade do Recife. A mostra é promovida pela Diretoria de Preservação do Patrimônio Cultural (DPPC/Secretaria de Planejamento Urbano) em conjunto com alunos do curso de Fotografia da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Para o trabalho, a DPPC relacionou 30 IEP espalhados pela cidade. Com a relação em mãos, as fotos passaram pela curadoria de Renata Victor, coordenadora do curso na Unicap, e da coordenação da DPPC para garantir a escolha.

A exposição faz uma homenagem ao trabalho de Aurelina Moura, funcionária da Autarquia de Urbanização do Recife (URB). Aurelina é uma verdadeira entidade entre o quadro de funcionários da URB. Natural de Vitória do Santo Antão, se mudou para o Recife para cursar Desenho Industrial na Universidade Federal de Pernambuco. Ainda estudante, ingressou no serviço público quando a sede da Prefeitura do Recife estava em finalização. Na URB sempre trabalhou no setor de programação visual, numa época em que todos os projetos eram minunciosamente estudados e executados à mão, sem os recursos tecnológicos dos dias de hoje. A fotografia surgiu como ofício por um acaso, mas sempre foi uma paixão. “Na escola, em Vitória, eu sempre fotografava as minhas amigas. Também registrava as festas da cidade, mas só por brincadeira”, conta Aurelina.

Foi fotografando que Aurelina se encontrou profissionalmente. Autodidata, virou especialista em retratar o Recife contemporâneo. Ao longo da sua trajetória, a fotógrafa registrou dezenas de imóveis e hoje a URB conta com acervo fotográfico que ajuda a contar a história da cidade.

 

 

By | 2017-10-02T10:09:11+00:00 2 de outubro de 2017|Notícias|0 Comentários

Deixar Um Comentário