Assine nossa Newsletter

Cadastre-se para receber as últimas notícias do Museu.


Assine nossa Newsletter

Cadastre-se para receber as últimas notícias do Museu.


MCR promove música e poesia no aniversário de morte de Frei Caneca

Em 13 de janeiro de 1825, Frei Caneca foi arcabuzado no Largo das Cinco Pontas por sua atuação na Confederação do Equador. No próximo domingo (13), aniversário da morte do revolucionário, o Museu da Cidade do Recife (MCR), no Forte das Cinco Pontas, recebe atividades culturais para homenagear a data.

A movimentação começa na Praça do Arsenal, com uma caminhada promovida pelo Olha! Recife relembrando episódios que envolveram Joaquim do Amor Divino Rabelo Caneca. A partir das 10h30, com a chegada do grupo ao Forte, tem início a apresentação do músico Múcio Callou, que interpreta trecho de seu Suíte 1817, sinfonia com composições inspiradas nos acontecimentos libertários de 1817, dos quais Frei Caneca também fez parte.

Em seguida, Bernadete Bruto e João Victor Vasconcelos apresentam recital poético sobre a poesia de Audálio Alves, entre outros temas. A celebração à memória de Caneca será encerrada diante do busto do frei, com flores sendo colocadas na peça após um cortejo.

Aniversário do Museu

As celebrações em homenagem ao dia da morte de Frei Caneca se misturam às de comemoração do aniversário de 37 anos do Museu da Cidade do Recife, que está instalado no Forte das Cinco Pontas desde 14 de janeiro de 1982. O corte do bolo

Programação

10h30 – Múcio Callou interpreta a sinfonia Suíte 1817

11h – Recital poético com Bernadete Bruto e João Victor Vasconcelos

11h30 – Corte do bolo de aniversário do Museu

12h – Cortejo com flores até o busto de Frei Caneca

By | 2019-01-10T07:52:55-03:00 10 de janeiro de 2019|Notícias|0 Comentários

Deixar Um Comentário